Página inicial > Notícias > Porto do Açu e Sebrae/RJ abrem nova turma para capacitação de empresas (...)

Rio de Janeiro

Porto do Açu e Sebrae/RJ abrem nova turma para capacitação de empresas locais

quarta-feira 15 de março de 2017, por Alampyme

Só no ano passado 200 empresários da região foram contratados para prestar serviços dentro do Complexo Portuário

O Porto do Açu, em parceria com o Sebrae/RJ, vai abrir uma nova turma do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Locais (PDFL), voltado para empresários da região. O objetivo é maximizar os benefícios oriundos da instalação do Complexo Portuário para fornecedores, em potencial residentes nos municípios do entorno do empreendimento, com destaque para São João da Barra e Campos dos Goytacazes. A nova turma será aberta em março e deverá capacitar 12 empresários. Desde que o projeto foi criado, em 2011, cerca de 800 empresas locais foram qualificadas. Uma delas é a Do Couto & Caetano, que começou a participar do programa em março do ano passado e já conseguiu prestar serviços para cinco clientes do Complexo Portuário do Açu.

A companhia, que trabalha com a instalação e manutenção de subestações, geradores e serviços elétricos em geral, realizou seu primeiro trabalho em setembro, atuando na manutenção preventiva de geradores. Hoje, a Do Couto & Caetano tem feito a manutenção dos aparelhos de ar condicionado da Naviship (empresa do grupo Edison Chouest – ECO) e acompanhado também os geradores de energia da NOV, para garantir que não haja quedas no fornecimento, o que acabaria prejudicando a produção. Além disso, a companhia realizou mais dois serviços para outra empresa da ECO, a BPort, que foi responsável pelo isolamento térmico da casa de bombas de incêndio e de embarcações que atracaram na base de apoio offshore.

Para Luciano Couto, gerente operacional da empresa, as conquistas são resultado do aprendizado junto ao PDFL. “Estamos muito satisfeitos com o que alcançamos até agora. Sem dúvida, sozinhos, não teríamos chegado até aqui. Não tínhamos a dimensão das exigências cobradas e nem a capacitação necessária para atender neste nível de seriedade e planejamento. Sempre soubemos do nosso potencial, que foi muito bem lapidado pelo Programa”, garantiu Couto. Com a primeira fase da capacitação concluída em dezembro, os empresários pretendem dar um novo passo, com acompanhamento por coaching, para aprimorar os serviços prestados.

A etapa inicial do projeto tem dez meses de duração, de março a dezembro, podendo estender no próximo ano. A última turma formada teve cerca de 15 empresas e continuará a ser capacitada na segunda fase do PDFL, mais voltada para o aprimoramento dos serviços prestados. Para este ano, já estão previstas duas sessões e uma rodada de negócios, além de palestras diversas.

Ao longo de 2016, cerca de 200 empresas locais foram contratadas para prestar algum tipo de serviço dentro do Complexo Portuário do Açu. O coordenador regional do Sebrae/RJ no Norte Fluminense, Gilberto Soares, afirma que está satisfeito com os resultados obtidos até agora. “Sempre acreditamos no potencial das empresas locais, por isso investimos na capacitação necessária para elas pudessem aprimorar sua gestão se adequar às normas para serem incluídas na lista de fornecedores do Porto do Açu. Ficamos felizes em ver que o projeto já está trazendo frutos para as empresas locais, e consequentemente, contribuindo para o desenvolvimento da região”, diz.


Ver online : Agência Sebrae de Notícias (ASN)

Notícias

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada

site criado pela