Página inicial > Congresso na Bahia ensina que compras governamentais são caminho para (...)

Congresso na Bahia ensina que compras governamentais são caminho para crescer

terça-feira 28 de maio de 2013

No cenário econômico brasileiro, as micro e pequenas empresas (MPE) representam 99% dos empreendimentos nacionais e 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Fortalecido, o setor reúne 7,4 milhões de empresas integradas ao Super Simples e emprega 11 milhões de trabalhadores com carteira assinada. “Entre tantos desafios para crescer, os empresários podem encontrar nas licitações governamentais uma oportunidade de grandes e bons negócios”, afirmou o consultor de Compras Governamentais para o Sebrae Nacional, Maurício Zanin, ao proferir a palestra de abertura da quarta edição do Congresso Norte Nordeste da Pequena Empresa e do Microempreendedor Individual, em Ilhéus (BA).

O evento, iniciado na noite do dia 13, e concluído na terça, 14, no auditório Paulo Souto, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na rodovia Ilhéus-Itabuna, teve a presença de especialistas, gestores públicos, estudantes e empresários. Caravanas do Espírito Santo e Alagoas também foram ao sul da Bahia, levando dezenas de participantes para congresso.

Formado em Administração Pública pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), Maurício Zanin ensina como a MPE pode fornecer para a administração pública com riscos reduzidos. Também dissemina a estrutura de portais de compras e da experiência brasileira no Exterior, em países como Portugal, Espanha, Suíça, Alemanha, França e Estados Unidos. Para conscientizar sobre a necessidade de proatividade para crescer, ele questionou a plateia: “Quantos aqui já tomaram a iniciativa para vender aos governos?”. Depois, destacou: “A pessoa mais importante para fazer esse trabalho de desenvolvimento de políticas públicas está aqui, hoje, porque o que muda uma realidade, não é uma lei. São as pessoas”.

Alguns empreendedores presentes ao evento são exemplo dessa atitude sugerida pelo técnico. Formalizada como microempreendedora individual, a estudante de Ciências Contábeis Jaqueline Cunha de Oliveira, de Ilhéus, abriu uma empresa de peças e acessórios e manutenção de aparelhos de refrigeração. “Estou dando os primeiros passos na empresa, há menos de seis meses de formalizada, mas já vislumbro a possibilidade de atender a clientes de empresas públicas também”, afirmou.

O estudante de administração Calele dos Santos, de Itabuna, foi ao evento em busca de conhecimento para abrir uma empresa de consultoria empresarial. “O domínio de todos esses temas, como políticas públicas, compras governamentais e financiamentos é importante para meu objetivo”, explicou.

Assim como outros microempresários no auditório, Auri Azevedo, de Itabuna, estava interessado em temas como as compras governamentais e linhas de crédito para o pequeno negócio. Bem-sucedido na gastronomia, com o empreendimento Empadinhas da Vovó, ele foi além para expandir o negócio e criou cardápios completos para outras refeições, além do lanche. Tem um ponto de venda em local estratégico, no comércio, e uma parceria com um hotel para a terceirização do café da manhã para hóspedes e clientes em geral.

O presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Ampesba), Valdir Ribeiro, considerou o evento uma grande oportunidade para rever a aplicação de instrumentos eficazes de desenvolvimento econômico. “Este é o momento de dialogarmos com a sociedade”.

Participaram da abertura a coordenadora da Unidade Regional do Sebrae, em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, e o analista técnico Michel Lima. Para os representantes do Sebrae, é importante a participação dos microempreendedores individuais e microempresários, para que possam esclarecer dúvidas e ter pleno conhecimento dos benefícios da Lei Geral para o desenvolvimento econômico da região.

Realizado pela Ampesba , o evento teve, além do Sebrae, parceria da Caixa Econômica Federal, Desenbahia, prefeituras de Itabuna, Ilhéus e Uma, Uesc, Banco do Nordeste, Câmaras de Dirigentes Lojistas de Itabuna (CDL), Jornal A Região, Morena FM, Itabuna Notícias, Diário Bahia e Jornal Agora.

Fonte: Agência Sebrae

Notícias

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada

site criado pela