Página inicial > Chamada pública prevê inovação à pequena produção de leite

Chamada pública prevê inovação à pequena produção de leite

terça-feira 11 de junho de 2013

Agricultores familiares que produzem até 100 litros de leite por dia serão beneficiados com uma Chamada Pública de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) voltada para inovação tecnológica na cadeia produtiva do leite. Nesta terça e quarta-feira, dias 11 e 12 de junho, são realizadas reuniões na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Gado de Leite), em Juiz de Fora (MG), para identificar as tecnologias existentes para este público e as estratégias de formação de técnicos de assistência técnica e extensão rural (Ater). O objetivo é fazer com que essas tecnologias cheguem aos agricultores familiares.

As reuniões contam com a presença de representantes de 17 centros de pesquisa da Embrapa, um extensionista de cada região do País e a equipe de técnicos do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Os agricultores familiares que produzem até 100 litros de leite por dia correspondem a 46,9% de toda produção do leite no País e já foram identificados pelo projeto do MDA e da Embrapa. “A ação integra a pesquisa e a extensão rural para um público que geralmente a inovação tecnológica não alcança, bem como vai atuar na principal cadeia produtiva da agricultura familiar que é o leite, por ser um produto que permite que o estabelecimento tenha maior capital de giro”, explica o diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) da Secretaria da Agricultura Familiar do MDA, Argileu Martins da Silva.

Tecnologia
O diretor do Dater acrescenta que “tecnologia e assistência técnica intensiva melhoram de maneira expressiva a qualidade do leite e o volume da produção nos estabelecimentos da agricultura familiar”.
A Chamada Pública está prevista para ser lançada ainda este ano. Os técnicos de Ater serão capacitados para qualificar o serviço que vão ofertar aos agricultores com base nas tecnologias encontradas na Embrapa, nas Organizações Estaduais de Pesquisa Agropecuária (Oepas), nos laticínios e nas cooperativas.

Fonte: Ascom/MDA

Notícias

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada

site criado pela