Página inicial > Artigos > As PMEs avançam

As PMEs avançam

sábado 29 de outubro de 2011, por Sergio Miletto

Estavam presentes mais de 5000 pessoas em todo o evento e entre elas mais de 200 dirigentes de entidades representantes da América Latina e Espanha. O Brasil estava representado por pelo Dep Federal Pepe Vargas (se quiser podemos pedir uma reflexão dele sobre o evento), Sr José Tarcísio , Presidente da COMICRO. Prof Paulo Feldmann Presidente do Conselho da pequena Empresa da FECOMÉRCIO de São Paulo e SR Sergio Miletto Presidente da ALAMPYME•BR que encerrou o evento em mesa que contou com a presença de Felissa Micelli ex Ministra da Economi e Produção de Argentina.
Este evento foi mais um grande passo na consolidação da representação das MPEs por elas mesmas. Um processo que se iniciou em 1997 na Nicarágua onde os empresários do setor se auto impuseram o desafio de deixarem de ser invisíveis aos olhos dos governos latino americanos. De lá para cá foi com muita dificuldade que outros encontro foram realizados no Brasil, México, Argentina, Chile, Nicarágua Uruguai Espanha e Bélgica. Nestes últimos anos o marco legal e as políticas fiscais foram bastante alteradas e no caso específico do Brasil foi criada em 2003 a Lei Geral da Pequena Empresa, que acabou de ser alterada este ano, em 2006 o Governo Federal criou o Fórum Permanente das MPEs, e agora conforme proposta tirada pelo Grupo de Integração Produtiva do Conselho do Mercosul Social e Participativo coordenado por ALAMPYME•BR durante a CUMBRE SOCIAL e PRESIDENCIAL do MERCOSUL em dezembro de 2010.
A troca de experiências entre os modelos aplicados na América Latina e Europa tem colaborado de forma decisiva para se conhecer as melhores práticas para o setor que já decidiu como plano de ação para o primeiro semestre de 2012 fazer a 1ª Conferência Euro Latino Americana de MPEs em parceria com as Universidades e Telecentros Latino Americanos, de Espanha e Portugal.
Esta conferência tem como principal objetivo criar espaço de participação para dar voz ao Micro e Pequeno empreendedor para que pela primeira vez na história de nosso continente se possa formular políticas pra este setor com a participação de seu principal personagem, A formulação desta proposta deverá acontecer no segundo semestre de 2012 para ser entregue aos Presidentes e aos congressos de todo o continente.
Outra decisão importante foi o acordo firmado entre as entidades, universidades e do poder para o desenvolvimento de ferramentas de TICs dentro de uma plataforma digital que considere formação a distância que necessita ir além da capacitação. É necessária uma formação para cidadania para que estes empresários se vejam principalmente como cidadãos de direitos que pode de forma coletica criar mecanismos de compra e venda mais eficazes e que gerem maior valor agregado a seus produtos e serviços.
Este ano ainda acontecerão mais 3 importantes eventos no Brasil, nos dias 03 e 04 de novembro acontecerá o 18º Congresso Brasileiro de Micro e Pequenas Empresas e o 12º Congresso Estadual de Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco que terá como tema: A Nova Dimensão das Micro e Pequenas Empresas no Brasil que contará com dirigentes de mais de 300 municípios brasileiros. No dia 11 de novembro na Assembléia Legislativa de SP haverá um Workshop com apoio de ALAMPYME, Instituto Razão Social, Associação dos Telecentros e da IBM, com o objetivo de escutar empresários e dirigentes para desenvolver ferramentas de EAD que colaborem com a gestão das MPEs e no dia 28 de novembro na sede da FECOMÉRCIO de SP acontecerá o Seminário ALAMPYME•BR sob o tema As MPES, suas contribuições e necessidades para a integração social e produtiva na América Latina.
O Brasil e a América Latina estão crescendo a passos largos e e as MPEs necessitam participar destas oportunidades e estão participando. São as MPEs que mais geram empregos locais que por sua vez proporcionam melhor distribuição de renda. É através das MPEs que poderá se superar a pobreza da região e colaborar para a construção de uma sociedade mais dígna que ee condição essencial para a construção de uma cultura de paz.
Notícias

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada

site criado pela